[FAKE] Entrevista superexclusica com Alvo Percival Wulfrico Brian Dumbledore!


Uma pessoa muito restrita e que não quer divulgar seu nome (EU) teve a honra de poder entrevistar o ex-diretor de Hogwarts, e um dos maiores bruxos de todos os tempos, Alvo Percival Wulfrico Brian Dumbledore! Para isso, conseguimos um modo de chegar até o lugar que ele se encontra depois de ter falecido, que segundo o senhor Harry Potter, se assemelha com uma estação de trem. Confira no que deu:

ENTREVISTADOR: Bom di... noi... Er, olá Professor Alvo Dumbledore!
DUMBLEDORE: Caro jovem, é um prazer recebê-lo em meu... Er, neste lugar! Sentemo-nos naquele banco onde há uma criatura estranha embaixo.
ENTREVISTADOR: Obrigado... [Hesitante] Bom, vamos dar início a entrevista. Professor Dumbledore, o senhor pode nos fornecer uma dica de como ajudar um jovem aluno que esteja se aproximando das Artes das Trevas?
DUMBLEDORE: É consecutivamente necessário nas horas mais sombrias, se lembrar sempre de  ascender a luz, como digo aos meus alunos. No entanto, os gastos de eletricidade dos trouxas estão elevando a cada tempo, e para uma melhor economia de energia, sugiro que ao em vez de se ascender a luz, colocar o senhor Edward Cullen ao sol seria mais prático. [Risinhos contidos]
ENTREVISTADOR: Mas professor, isto não seria prejudicial à vista das pessoas? Alguma crítica aos romances de Stephenie Meyer?
DUMBLEDORE: De fato, seria nocivo de várias maneiras, admito. Porém, a cada escolha feita se espera no mínimo uma conseqüência. Quanto a Sra. Meyer, de forma alguma criticarei, deixe-a sonhar em paz, porque nos sonhos entramos num mundo inteiramente nosso. Deixe que confunda fadas mordentes com vampiros, ou torne lobisomens em exímios fisiculturistas.
ENTREVISTADOR: [Boiando] Sim... claro. Bom, e sobre Harry Potter senhor, ele já foi alguma vez influenciado pelas Artes das Trevas? O que achou da conduta de seu aluno?
DUMBLEDORE: Oh, estava prevendo que perguntas sobre Harry não iriam tardar. [Entrevistador constrangido] Pois bem, acreditei em Harry James Potter desde a noite em que Sibila Trelawney previu aquela profecia para mim. Mas não somente por Sibila ter dito aquilo, mas pela quantidade de amor incontestável que envolveu a família de Harry, um amor que nenhum bruxo das trevas obteria derrotar. James e Lílian ensinaram a Harry em meses o que pais não conseguem ensinar aos seus filhos em uma vida! E Harry foi tentado sim, de várias formas, pelas Artes das Trevas, mas elas fraquejaram, pois ele nasceu já com virtudes!
ENTREVISTADOR: Os amigos de Harry Potter possuem créditos sobre a vitória contra o Lorde das Trevas?
DUMBLEDORE: [Desdém] Meu caro, o que seria de Harry Potter sem os amigos? São eles que revitalizam o amor dentro de nós. Hermione Granger, Rony Weasley e os demais companheiros de Harry, ajudaram a chama do amor de Lilian e Tiago nunca se apagar dentro dele.
ENTREVISTADOR: E quanto o senhor o ajudou, professor?
DUMBLEDORE: O mínimo amigo, o mínimo. Foi Harry quem mais me auxiliou... A velhice é tola e esquecida quando subestima a juventude, sabe? Oh, como este menino – agora um homem – conseguia mostrar-me os meus erros da forma mais inocente... [Alisando a barba]
ENTREVISTADOR: Pois bem. Agora, se não for um incômodo, pode nos dizer um pouco mais sobre seu relacionamento com Gerardo Grindelwald?
DUMBLEDORE: É um incômodo. [Sorriso amarelo]
ENTREVISTADOR: Mas Rita disse...
DUMBLEDORE: Cada qual acredita que o que tem a dizer é muito mais importante do que qualquer coisa que o outro tenha a contribuir! Mande este recado à Sra. Skeeter.
ENTREVISTADOR: Ok, professor. Como última pergunta... Como saio desta estranha estação?
DUMBLEDORE: Harry não citou algo como girar a Pedra da Ressureição ou transformar-lhe em um horcrux?
ENTREVISTADOR: Creio que não! [Desespero]
DUMBLEDORE: Oh, ele deve ter achado muito arriscado. Bom, neste caso, prevejo que o senhor terá que passar a eternidade aqui em minha companhia... [Falsa compaixão] Aceita um sorvete de limão?
ENTREVISTADOR: [Engolindo seco]
P.S.: Toda e qualquer citação sobre a saga Crepúsculo é meramente por motivos cômicos. 

Thank's PotterA.

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Criativo!

    ResponderExcluir

Não utilize palavras obcenas e degradantes, comentários desse tipo serão rejeitados.